A comunidade está de cara nova!
Atividades
  • Notificações
  • Tags
  • Favoritos
Nenhuma notificação

Sua empresa investe no segmento de alimentação saudável?

Sua empresa investe no segmento de alimentação saudável?
Ana Tovazi
mar. 30 - 3 min de leitura
1 Curtidas
1 Comentários
0

Entender as mudanças de comportamento de consumo é o primeiro passo para as empresas que desejam surpreender seus atuais clientes e chamar a atenção de novos públicos. Afinal de contas, a preocupação com o que se coloca no carrinho de compras e se serve na mesa para a família veio para ficar.

Percebemos que, de uns anos para cá, os brasileiros têm dado cada vez mais atenção para a saúde, consumindo produtos com menos açúcar e sal, sem glúten, lactose ou conservantes diversos. E esse cenário precisa ser acompanhado bem de perto pelas empresas que não querem perder espaço no dia a dia dos consumidores.

De acordo com levantamento da Euromonitor de 2019, o Brasil é o quarto país no ranking mundial de alimentação saudável. E para se ter uma ideia de como esta mudança de hábito de consumo não é recente, entre os anos de 2009 e 2014, o mercado de alimentos e bebidas naturais aumentou 98%, chegando a uma movimentação anual de US$ 35 bilhões.

E muitos brasileiros – 66%, conforme estudo global da Nielsen “O que há em nossa comida e mente?”, feito em 2016 – estariam dispostos a pagar um pouco mais caro por alimentos, desde que eles fossem mais saudáveis.

Diante de tantas pesquisas relevantes, os processos de fabricação estão se modificando, e as indústrias têm se desdobrado para tornar seus produtos mais saudáveis e alinhados com as exigências dos consumidores. Como está a sua marca neste processo de transformação?

 

Qual o primeiro passo para tornar os produtos mais saudáveis?

As empresas dispostas a ingressar neste nicho de mercado – que, vale lembrar, não é uma tendência, mas veio para ficar – precisam contar com parcerias e fornecedores capazes se identificar onde devem ser feitos os ajustes e como mudar os processos produtivos.

Um caminho para oferecer produtos com todos os nutrientes e vitaminas contidos originalmente nas frutas e verduras é o uso de insumos em pó 100% naturais. Por meio de processos modernos de atomização, é possível retirar a água dos alimentos sem perda das características básicas (cor, aroma e sabor) ou das propriedades nutricionais.

Há ainda a opção pelo extrato seco, que realiza o mesmo processo de atomização utilizando folhas, flores, caules e raízes, e pode potencializar quantidade de determinadas propriedades, como vitamina C e cafeína, dependendo do tipo de aplicação.

Para as empresas que desejam ingressar neste segmento, mas não possuem equipamento ou estrutura, uma opção bem interessante é a embalagem de marca própria. Neste caso uma parceira especializada se encarrega de desenvolver os produtos saudáveis e eles chegam aos pontos de venda com a embalagem da empresa contratante. Este por sinal é um segmento em ascensão e que atrai pelo preço e pela variedade.

Sendo assim, não há mais desculpas para as empresas são se preocuparem com a saudabilidade dos seus produtos. Tudo é uma questão de planejamento e de uma boa parceria com os fornecedores corretos.


Denunciar publicação
1 Curtidas
1 Comentários
0
0 respostas

Indicados para você