Participe do universo BHB Food!

Faça sua conta e aproveite todos os recursos da nossa comunidade online. É rapidinho... ;)

Você não está logado, faça seu login.

Ainda não é cadastrado? Clique aqui

COLUNAS Plant based

Cobrands no mercado de alimentos saudáveis e suplementos

Imagem: Freepik

Nos corredores movimentados dos supermercados, ou nos e-commerces de marcas de alimentos ou suplementos saudáveis, é cada vez mais comum encontrar produtos que unem o melhor de duas marcas renomadas ou conhecidas em sua especialidade. Essa tendência crescente no mercado de alimentos é conhecida como “cobranding” ou, simplificando, a união de duas marcas para criar um produto.  

Exemplos não nos faltam! Em 2022/2023 foi um “BOOM”, várias marcas do universo de saudáveis e suplementos se uniram para deleite dos consumidores, que ficam até imaginando qual será o próximo “fit” “colab” que vem por aí! 

Alguns Exemplos recentes: 

Max Titanium e Dr Peanut. Supley, dona da Max comprou 50% da Peanut, parceria em produtos ficou dentro de casa: 

fonte: drpeanut.com.br

Mais Mu e Paçoquita: Parece que whey e amendoin tem tudo ver mesmo 😏

fonte: lojamaismu.com.br

Ambev e Bold: Bebidas proteicas  

fonte: boldsnacks.com.br

Nude e Mãe Terra: 

Sorvetes Lowko + Ninho  

Veja mais uma postada em uma matéria do BHB recentemente  

Não só alimentos, o case mais emblemático do ano foi CARMED, até então um protetor labial pouco conhecido da marca CIMED, que criou “sabores” das tradicionais balas FINI,  

fonte: youtube.com/@EricadeChruz

aumentando o custo unitário de R$ 18,00 para R$ 32,00 e ainda assim, em  menos de 20 dias, a marca atingiu um total de R$ 40 milhões em vendas, volume projetado para ser batido durante o ano todo. Os consumidores “viralizaram’ o produtos em suas redes sociais causando o famoso efeito manada. 

Agora vamos explorar o universo dos cobrands, desvendando os modelos de parcerias, suas vantagens e desvantagens, além de oferecer dicas valiosas para criar um cobrand de sucesso. 

1 – Tipos de Cobrands: 

-Marcas ícones combinadas: 

Nesse tipo, duas marcas se unem para criar um produto que combina ingredientes distintos de cada uma. O “Sorvete Loko” é um exemplo perfeito, mesclando a qualidade de um sorvete posicionado como mais saudável com a irresistível cremosidade do leite ninho. Leite Ninho por sua vez, busca parcerias que elevem o atributo de NUTRIÇÃO da marca, não só indulgencia. Deu MATCH (emoji) 

-Edições Limitadas ou Temporárias: 

Algumas parcerias são criadas para lançar edições especiais por tempo limitado, gerando escassez e aumentando o valor percebido do produto, buzz na mídia o que pode até perdurar mesmo depois do produto em questão sair de linha.  

-Cooperação em Marketing: 

Não necessariamente é preciso CRIAR um novo produto, marcas podem colaborar em campanhas de marketing para promover produtos em conjunto, promoções virais como marcações nas redes sociais, posts FIT, influenciadores em comum, e muitos outros. Isso pode ser feito com uma marca de alimentos e outra de serviços, a exemplo do que fez Starbucks e Spotify: maximizando a exposição de ambas no mercado. 

Contas premium gratuitas foram distribuídas aos colaboradores nos USA e clientes que ouvirem as playlists ou contribuírem com elas, acumulam pontos no programa fidelidade da rede.  

– Ingredientes que são referência: 

Talvez o mais emblemático atualmente sejam os colágenos: 

Ingredientes como Verisol, Peptan, adoçante Splenda se tornaram como uma Chancela de credibilidade ao produto. Acreditamos que a indústria de ingredientes ainda poderá crescer bastante dessa forma  

2 -Modelos de Parcerias: 

-Igualdade de Participação: 

Ambas as marcas têm igual participação na criação e promoção do produto, garantindo uma parceria equitativa financeiramente. Divisão dos lucros 

-Marca Principal e Subsidiária: 

Uma marca é a principal, enquanto a outra desempenha um papel de apoio. Essa abordagem permite que uma marca mais forte impulsione a visibilidade da outra. E o modelo de negocio pode ser simplesmente pagar um royalties pelo uso da outra marca 

3 – Vantagens do Cobranding: 

– Aumento da Visibilidade: A união de duas marcas amplifica a visibilidade, alcançando novos públicos e reforçando a presença no mercado. 

– Inovação: O cobranding proporciona oportunidades para criar produtos que se destacam pela combinação única de características de ambas as marcas, dando a ambas um tom e uma percepção maior de marca ousada/ inovadora 

– Economia de Custos: Compartilhar despesas de pesquisa, desenvolvimento de conceito de campanha de marketing pode reduzir os custos para ambas as marcas. 

4 – Desvantagens do Cobranding: 

– Riscos de Reputação: Se uma das marcas enfrenta problemas de reputação, isso pode afetar negativamente a outra, associada a ela por meio do cobranding. 

– Conflito de Interesses: Diferenças na visão ou estratégias de negócios podem levar a conflitos entre as marcas parceiras. 

5 – Dicas para um Cobranding de Sucesso: 

– Entenda Seu Público: Conhecer o público-alvo das duas marcas é crucial para garantir que o produto cobrand atenda às expectativas e necessidades dos consumidores. COMPLEMENTARIEDADE é a chave e nem tanto o INUSITADO (opostos atraem o amor, não clientes kkk) 

-Alinhe Valores e Missões: Certifique-se de que as marcas compartilhem valores e missões semelhantes para evitar conflitos e garantir uma parceria duradoura. 

-Invista em Marketing : Uma estratégia de marketing poderosa é essencial. Destaque as características únicas do produto cobrand e crie campanhas que despertem o interesse do público e chame a Equilibrium para te ajudar na missão de levar não só a experiência em produto, mas também em uma jornada de experiencias e conteúdos digitas engajadores, com diferentes publicos 😊 

Ao explorar o emocionante universo dos cobrands, as marcas de alimentos têm a oportunidade de criar experiências únicas para os consumidores. Ao equilibrar cuidadosamente os benefícios e desafios, é possível cultivar parcerias frutíferas que não apenas aumentem a participação no mercado, mas também ofereçam aos consumidores algo verdadeiramente especial. Bora arriscar uma em 2024? 

BHB TEAM

BHB TEAM

About Author

O BHB Food compartilha os temas mais atuais e relevantes sobre marketing, saúde e nutrição são apresentados por players renomados e engajados no mercado, disseminando conceitos e ideias inovadoras na construção de marcas saudáveis.

Deixe um comentário

Você pode gostar também

COLUNAS Plant based

O que esperar do mercado lácteo, quando o futuro parece ser plant based? 

Carolina Godoy Head of Growth & New Digital Business – Grupo Equilibrium Nutricionista, Técnica em alimentos e MBA em marketing O
Açúcares COLUNAS

Afinal, o que deve ser considerado (ou contabilizado) como açúcar adicionado?

Júlia Coutinho Sócia fundadora – RegulariumNutricionista, especialista em Tecnologia industrial farmacêutica e Vigilância sanitária de alimentos Anvisa revê o entendimento