[ editar artigo]

Como escolher um influenciador para falar de sua marca

Como escolher um influenciador para falar de sua marca

Se você acha que apenas o número de seguidores e curtidas é o único fator relevante para escolher um influenciador, essa palestra foi feita para você.

No dia de RECONEXÃO do 10º BHB Food, Stephanie Goes, Coordenadora de Marketing Digital e Performance da Livup, foi convidada para contar como fazer diferença na comunicação com influenciadores. 

A Livup é uma startup brasileira que tem como propósito oferecer comida saudável e natural para o consumidor, com respeito a toda cadeia de produção deste alimento, unindo  alimentação saudável com responsabilidade social.

Como escolher um influenciador para falar de sua marca

Existem três pilares principais quando se pensa em como escolher um influenciador para falar de sua marca: 

 

1. Identificação de valores: este é o ponto mais importante. É necessário encontrar um influenciador que defenda o que a marca acredita. 

 

2. Audiência: é importante entender quem são os seguidores do influenciador, para fazer uma comunicação assertiva.

 

3. Território: estudar se o conteúdo que o influenciador produz está dentro do território da marca.

 

“Tendo esses 3 pontos claros, fica muito mais fácil confiar no influenciador para levar essa mensagem. Os nossos principais cases de sucesso são influenciadores que temos parceria desde o começo e continuam até hoje. Eles realmente são consumidores e conhecem a marca. Embora seja uma relação comercial de mídia, não deixa de ser verdadeira.”

 

Briefing: como fazer?

 

Além disso, outro tópico de suma importância é a respeito do briefing, que irá garantir que o influencer levará a mensagem certa para seus seguidores. 

 

Stephanie explica que se a comunicação e os propósitos estão alinhados, ele vai conseguir trazer a mensagem da marca, e comunicar de forma que faça mais sentido para o público dele. 

 

Para Livup, então, o briefing é um documento explicativo com os pontos principais da empresa, mas a interpretação será do influenciador.

 

“Ele vai ter o trabalho de ler, e interpretar a mensagem de acordo com audiência e o tipo de conteúdo que ele produz. Deixamos muito livres pro influenciador entender a marca e comunicar da maneira que ele acredita que faça mais sentido para o público dele.”

 

Marketing de influência

 

Stephanie explica que para a influência acontecer, é preciso ter uma conexão e relação de confiança capaz de impulsionar um comportamento. 

 

Os influenciadores nada mais são do que pessoas que movimentam outras para uma tomada de decisão, e isso nem sempre tem a ver com o número de seguidores. 

 

Assim, é interessante trabalhar em nichos que façam sentido para a marca. No caso da Livup, eles costumam trabalhar com chefs de cozinha, nutricionistas e os próprios consumidores.

 

Cases da Livup

 

A Livup queria comunicar alguns pontos da marca com os consumidores, mas não conseguiam fazer essa comunicação de forma efetiva, pois não eram autoridade no assunto. Os cases abaixo são soluções que encontraram com ajuda do trabalho de marketing digital. 

 

Bel Coelho: Neste caso, a Livup queria comunicar o valor que a marca têm com os pequenos agricultores, pois eles não conseguiam ser reconhecidos neste ponto.

 

Assim, a empresa convidou Bel Coelho, chef de cozinha que defende muito uma relação saudável com a cadeia de produção. Ela foi convidada fazer um prato em parceria com a marca, conhecendo todo o trabalho com os pequenos agricultores.

 

 

Renata Vanzetto: A livup gostaria de expor como a comida congelada saudável pode ser muito gostosa.

 

Assim, convidaram a Renata, chef de cozinha que é referência em sabor, para criar um prato com a marca e demonstrar como a Livup é muito saborosa.

 

 

Nos dois casos, a empresa conseguiu ser percebida como a marca que faz parceria com pequenos produtores e possui uma comida saudável congelada gostosa. E, além disso, os pratos criados foram um sucesso em vendas.

 

“Nós conseguimos ver como contar com um porta-voz que, naquele momento, é mais autoridade no assunto do que a sua marca, pode ajudar a desmistificar e levar uma mensagem mais fácil e com maior confiabilidade para o consumidor.”

 

Ficou interessado em assistir a palestra completa? Clique aqui para ter acesso ao 10º BHB Food! Corre que é até dia 18 de novembro.

 

Food Trends

Ler conteúdo completo
Indicados para você