[ editar artigo]

Uma nova era de ingredientes na saúde digestiva

Uma nova era de ingredientes na saúde digestiva

Atualmente, estamos vivendo uma nova era de ingredientes na saúde digestiva, o intestino ganhou um aspecto muito mais forte dentro da saúde, sendo conhecido pela ciência como 2º cérebro. Assim, a nova REVOLUÇÃO da comida também passa pelo intestino.

 

Foi pensando nisso que o dia de REVOLUÇÃO da 10ª edição do BHB Food convidou quem entende muito de ingredientes na saúde digestiva: o time da FrieslandCampina Ingredients: Luciana Zaneti, Regional Marketing Manager e Dana Jirousek, sales Lead. 

 

Números de mercado

O mercado de saúde digestiva tem se tornado mais relevante a cada ano. Globalmente, ele já atigente U$ 60 bilhões. No contexto nacional, o faturamento é de aproximadamente R$ 6 bilhões, correspondendo a 10% do faturamento global.

 

A saúde intestinal do consumidor

A palestrante Luciana Jirousek traz dados sobre a saúde digestiva do consumidor, e informa que 15% consumidores globais estão insatisfeitos com sua saúde. Além disso um terço deles têm problemas de saúde digestiva, destes, 20% não procuram ajuda médica.

 

Ademais, 39% dos consumidores têm o desejo de pagar um preço maior por alimentos que tenham essa funcionalidade para o organismo.

 

“O consumidor está sim propenso e tem esse desejo de pagar mais caro para produtos que realmente tragam benefícios e tenham essa funcionalidade para seu organismo”, disse Luciana Zaneti.

Problemas mais comuns de saúde digestiva

Em pesquisa feita pela empresa com 10.000 participantes pelo mundo, obtiveram os principais problemas de saúde digestivas que o consumidor apresenta, são eles:

  • Excesso de gases.

  • Constipação.

  • Estufamento. 

  • Dores abdominais.

  • Síndrome do intestino irritável.

 

12% dos consumidores globais têm problemas de constipação, essas pessoas estão concentradas principalmente no lado ocidental, muito provavelmente causado pela dieta desta população.

 

Além disso, 580 milhões de pessoas mundialmente sofrem com a síndrome do intestino irritável, a procura de soluções efetivas para seu problema.

 

No Brasil é estimado pela OMS que 30% dos brasileiros possuem algum tipo de constipação, sendo o público mais atingido mulheres (37,2%) e crianças (36%).


 

 

Fatores que interferem na saúde digestiva

Outra pesquisa da FreslandCampina apresentou os fatores que interferem na saúde digestiva, segundo os consumidores. Na maioria dos casos os problemas intestinais estão relacionados a causas alimentares, com um consumo alimentar não correto. 

Em segundo lugar está a depressão, ou seja, a parte psicológica foi um grande fator que influenciou no bom funcionamento digestivo.

 

A diversificação do Clain de saúde intestinal

Antigamente, era comum apenas bebidas lácteas e suplementos serem utilizados para o fim de saúde intestinal. Atualmente, o Clain da saúde digestiva está diversificado, podendo ser encontrado em várias categorias alimentares, principalmente em snacks e bebidas prontas.

 

 

Soluções em ingredientes na saúde digestiva

Para além de dados de mercado, as palestrantes também expuseram soluções em ingredientes na saúde digestiva que a empresa possui. Dana Jirousek, então, introduz alguns fatores que influenciam na flora intestinal.

  1. Tipo de nascimento: o parto normal traz benefícios para a microbiota do bebê.

  2. Genética: nosso material genético pode carregar problemas digestivos.

  3. Exercícios: favorecem a motilidade intestinal.

  4. Gravidez: o excesso de hormônios afeta a motilidade do intestino.

  5. Idade: o avanço da idade faz com que o funcionamento do intestino fique menos ativo.

  6. Antibióticos: agridem a flora intestinal.

  7. Stress: também pode irritar a flora intestinal.

  8. Nutrição: uma alimentação saudável auxilia no bom funcionamento do intestino.

 

 

Para exemplificar soluções em saúde digestiva, Dana cita o Biots GOS, produto da empresa FrieslandCampina.

 

Os Galacto Oligossacarídeos (GOS) são fibras com atividade prebiótica que auxiliam em diversas formas na manutenção da saúde intestinal, algumas de suas funções são:

  • Criação da bifidobacteria no intestino.

  • Redução da constipação.

  • Conforto intestinal.

  • Reduz sintomas da síndrome do intestino irritável.

  • Aumenta a barreira de proteção da flora intestinal.

  • Reduz os sintomas da síndrome do intestino irritável.

 

Os GOS têm uma versatilidade de aplicação, pois possuem uma capacidade grande de adaptação devido às suas características:

  • Perfil sensorial limpo.

  • Solubilidade excelente.

  • Estáveis a meios ácidos e a temperaturas elevadas.

  • Possuem um shelf life de 18 meses.

 

Assim, os GOS podem ser utilizados em diversos produtos alimentares. A FrieslandCampina possui água, barrinhas de cereais e shots com pelo menos 5 gramas de GOS, utilização mínima para atingir o benefício. 

 

 

A presença do time da FrieslandCampina demonstrou a importância e o crescimento do mercado de saúde digestiva. Mais do que apenas problemas de constipação, os produtos oferecem diversos benefícios à flora intestinal, melhorando a saúde do consumidor como um todo. Ademais, a utilização dos GOS pode ser uma estratégia para quem procura ingredientes na saúde digestiva.


 

Se você ainda não assistiu ao 10º BHB Food, clique aqui e saiba tudo sobre as tendências no mercado de alimentos. Não perca tempo, ficará disponível até 18 de novembro!

Food Trends

Ler conteúdo completo
Indicados para você