[ editar artigo]

Conexão com audiência na era digital

Conexão com audiência na era digital

Já não é novidade que as redes sociais são grandes aliadas na propagação de uma
ideia ou produto. Mas você já parou para pensar que elas também podem ser uma forma de conexão entre você e o que você deseja?

Bom, isso é o que ilustra Marcello Vieira, Gerente de Clientes do setor de CPG
do Twitter Brasil, em sua participação no BHB com a palestra ‘Conexão com a
audiência na era digital’.

Atualmente, a rede social Twitter funciona como um termômetro da sociedade,
principalmente no Brasil, onde viralizam suas hashtags e assumem a pauta de assuntos nos trendings topics ao redor do mundo.

Marcello afirma que essa geração que usa o Twitter, essencialmente os
Millenials e a Geração Z não se importa de receber conteúdo publicitário em suas redes sociais, mas se importam com as formas de acesso às marcas, e que elas tenham ponto de vista, que se conecte com o que é importante para esse público.

Essa percepção dos usuários da plataforma é primordial, já que o envolvimento cultural das marcas nas mídias digitais é responsável por ¼ das decisões de compra. “a gente precisa estudar, entender o que as pessoas falam, quais são esses insights, quais são as oportunidades que a gente tem, para de falar menos sobre nós e se aproximar mais do consumidor”.

A rede social Twitter integra uma das poucas empresas que voltou a crescer
financeiramente no Vale do Silício depois do período de crise. Isso mostra a
potencialidade da rede social para ser um canal de integração entre produtos e
consumidores. Hoje, o Twitter funciona como uma “praça pública”, capaz de extrair os principais insights das conversas entre seus usuários. E, de acordo com a sua equipe local, os “usuários do Twitter compartilham recomendações e opiniões muito mais do que as pessoas que não tem a plataforma, que não são usuários”.

Desde 2014, foram publicados mais de meio bilhão de tweets sobre comida no
Brasil e a maioria eram para comentar desejos e realities show de culinária, como o Masterchef. O público dessa rede social gosta de verbalizar seus anseios sobre comer, de modo implícito ou explicito.

Para aproveitar essas oportunidades, cabe as empresas adentrarem esses
insights dos consumidores para se conectar com as marcas”. Dentro do Twitter, os usuários não querem se conectar com seus familiares, eles querem ter experiências com seus interesses, ser escutado e atendido pelo o que acredita. Por isso, é essencial compreender que os momentos viralizam, e são nesses virais que as marcas precisam trabalhar.

Marcello aponta que os #FoodMoments do Twitter ditam as tendências de
consumo na Internet, principalmente quando são compreendidos os dois momentos
desta hashtag, os momentos de consumo implícito e explicito.

  • MOMENTOS DE CONSUMO EXPLICITO – são marcados pela verbalização
    do ato de comer, em que o usuário manifesta a sua vontade de comer. Esses momentos são subdivididos entre o café da manhã, com manifestações de desejos de comida, falando sobre o que gostariam de comer ao longo do dia. Momentos de life sharing durante o período do almoço. No período do ‘café da tarde’ existe uma conversa de indulgência, em que o usuário fala sobre comida para evitar o tédio ou até mesmo o sono. Na hora do jantar, que as conversas são menos descritivas, eles só falam o que vão comer e de madrugada, que manifestam fomes especificas, com desejos bem delimitados.
  • MOMENTOS DE CONSUMO IMPLÍCITO – são os momentos situacionais,
    como os dias de balada/fim de semana, marcados pela hashtag #sextou, dia dos namorados, exibições de realities shows e, no Brasil, o dia do Exame Nacional do Ensino Médio – ENEM.

Isso mesmo, no Brasil, o ENEM e o MasterChef são os melhores momentos para as
marcas dialogarem com suas audiências sobre comida!

Existem diversos casos de sucesso de inserção de produtos através da situação do
ENEM, como o caso da maionese Hellmann’s, que conseguiu pautar o uso da maionese no preparo dos lanches dos candidatos ao exame. Assim, ganhou notoriedade no Twitter durante o período do exame.

Além disso, as marcas precisam se atentar ao calendário anual, através dos
trimestres, para conseguir atender o seu consumidor. Acompanhar a pauta dos usuários das redes sociais é essencial para desenvolver um crescimento global das marcas através
das mídias sociais.

Esse conteúdo foi útil para você? Gostaria de entender melhor sobre esse e outros temas pertinentes à alimentação e mercado? Não perca a 10ª edição do BHB (Building Healthier Brands) FOOD, desta vez 99% digital, online e interativo! 

O evento ocorrerá nos dias 19 a 22 de outubro, das 10 da manhã as 12:00 horas. Evento dinâmico e com convidados que fazem diferença no mercado, pesquisa inédita e muita interação com os participantes.

Garanta já sua inscrição para edição 2020 clicando aqui. #VAITERBHB2020

Notícias

Ler conteúdo completo
Indicados para você