[ editar artigo]

Horta Social Urbana - projeto apoiado pelo GPA

Horta Social Urbana - projeto apoiado pelo GPA

A Horta Social Urbana existe desde 2018, e foi criada e idealizada pela Associação de Resgate à Cidadania por Amor à Humanidade (ARCAH), com o objetivo de formar profissionalmente pessoas em situação de rua com técnicas de Agricultura Urbana (jardinagem), visando sua reintegração na sociedade e mercado de trabalho. 

 

Os alunos que são selecionados para fazerem parte do projeto são de centros de acolhimento da cidade de São Paulo. Os participantes têm aulas práticas e teóricas sobre agroecologia e cultivo de alimentos. Além dessa formação em agroecologia, eles ainda recebem atendimentos psicológicos e terapêuticos, auxílio-transporte, alimentação e uniforme.

 

Funcionamento do projeto

 

Por meio do Instituto GPA, a Horta Social Urbana atua na esfera social e comercial. Durante a primavera, são oferecido cursos profissionalizantes às pessoas em situação de vulnerabilidade. Posteriormente, os profissionais (ex-alunos ou não) são admitidos para realizar o cultivo dos legumes e verduras que são comercializados para restaurantes e agora, no próprio Pão de Açúcar.

 

Dessa forma, o Pão de Açúcar visa colaborar para a reintegração social em situação de rua, contribuindo com oportunidades, e também estimular cadeias produtivas mais saudáveis e sustentáveis, oferecendo esses alimentos para os clientes pão de açúcar. Ao comprar os produtos da Horta Social Urbana, o consumidor apoia a manutenção da horta e dos cursos ali oferecidos.

 

Algumas das opções orgânicas que os consumidores pode garantir são o alecrim, almeirão, alface, beterraba, cebolinha, couve, escarola, salsinha, entre outras. 

 

Elas estão disponíveis no Pão Ricardo Jafet, em São Paulo, e todas passam por um protocolo rigoroso de higienização antes de chegarem à loja.

 

Fonte: Pão de Açúcar

Notícias

Ler conteúdo completo
Indicados para você