[ editar artigo]

Kellogg cresce no Brasil com produção local de Pringles

Kellogg cresce no Brasil com produção local de Pringles

Kellog Company, uma empresa multinacional americana, produtora de cereais,  apresenta aceleração de seu crescimento no Brasil.

 Sua evolução acontece após quatro anos depois de destinar US$ 100 milhões na expansão de sua fábrica em São Lourenço do Oeste (SC), com a construção de duas novas unidades de produção.


Em 2016, a Kellogg comprou a catarinense Parati. O negócio fez com que a companhia ampliasse seu tamanho e capacidade produtiva no país. Naquela época, a empresa contava com aproximadamente 500 colaboradores. Hoje, emprega mais de 4.000 pessoas. O crescimento também veio em participação de mercado em diversas categorias de produtos durante 2020, ano em que o consumo no lar foi protagonista.


A Kellogg reporta crescimento dois dígitos em faturamento por ano entre 2016 e 2018 e hoje, além de líder na categoria de cereais, ganhou destaque também em salgadinhos de batata, segmento no qual conta com a marca global Pringles , que dobrou sua participação de mercado no Brasil em 2020.

“O Brasil é um mercado-chave e com grande potencial de crescimento. O país tem um papel extremamente importante para nossos negócios e buscamos consolidar esse bom desempenho na região”, destaca Alberto Raich, vice-presidente e gerente-geral da Kellogg no Brasil.

 

Fonte: SA Varejo.

Notícias

Ler conteúdo completo
Indicados para você