Participe do universo BHB Food!

Faça sua conta e aproveite todos os recursos da nossa comunidade online. É rapidinho... ;)

Você não está logado, faça seu login.

Ainda não é cadastrado? Clique aqui

TENDÊNCIAS

Desafios e inovações impulsionam setor de alimentos

À medida que a população global se encaminha para ultrapassar os 10 bilhões de habitantes até 2060, os desafios enfrentados pelo setor de alimentos e bebidas estão em ascensão. Este crescimento estimado em quase 80%, conforme indicado por um estudo da Our World in Data, exige uma resposta eficaz para garantir o fornecimento de alimentos de qualidade para todos.

O Brasil, destacado por abastecer cerca de 10% da população mundial, segundo a Associação Brasileira da Indústria de Alimentos (Abia), enfrenta esse desafio de frente. Com a crescente visibilidade, surge a necessidade de tornar o setor mais eficiente e explorar formas inovadoras de desenvolvimento. Nesse contexto, a competição é intensa, impulsionada por mudanças geracionais e demandas em constante evolução.

Rodrigo Bürgers, Partner Director da Play Studio, empresa da multinacional brasileira FCamara, destaca a importância de considerar múltiplos fatores na adaptação da indústria de alimentos e bebidas para as próximas gerações. Esses fatores incluem o envelhecimento da população, os hábitos de sustentabilidade da geração Z e a crescente urbanização, refletida nos serviços de delivery em expansão.

O crescimento exponencial dos serviços de delivery, com o Brasil liderando na América Latina, segundo dados da Confederação Nacional de Dirigentes Lojistas (CNDL) e do Serviço de Proteção ao Crédito (SPC Brasil), está transformando as expectativas dos consumidores. A busca por conveniência impulsiona a demanda por métodos de pagamento mais rápidos e seguros, destacando a importância da inovação em soluções de pagamento integradas.

Observa-se também uma mudança no comportamento alimentar da população, com um aumento no consumo de alimentos congelados e refeições prontas. Segundo a GrandView Research, o setor global de alimentos congelados deve crescer 13,5% ao ano até 2027, movimentando cerca de US$ 380 bilhões.

A adaptação às preferências da geração Z emerge como uma tendência crucial, oferecendo oportunidades para a indústria e o varejo. O crescente interesse por alimentos naturais e orgânicos, juntamente com uma menor propensão ao consumo de bebidas alcoólicas, evidencia a necessidade de estratégias alinhadas às expectativas desse público.

Além disso, o envelhecimento da população brasileira, projetado para ultrapassar os 60 milhões de pessoas com mais de 60 anos até 2050, de acordo com o IBGE, destaca a importância da inovação na indústria farmacêutica. A demanda por produtos que promovam saúde e bem-estar oferece oportunidades significativas para atender a um público envelhecido e em crescimento.

Você também pode gostar disso:
Consumo de carne bovina cai 4% e da suína dobra em 2023

Fonte: Agro Revenda
Imagem: Freepik

BHB TEAM

BHB TEAM

About Author

O BHB Food compartilha os temas mais atuais e relevantes sobre marketing, saúde e nutrição são apresentados por players renomados e engajados no mercado, disseminando conceitos e ideias inovadoras na construção de marcas saudáveis.

Deixe um comentário

Você pode gostar também

TENDÊNCIAS

DNA dos alimentos: A receita de sucesso para sua marca

Se o DNA é a receita genética de todos os seres, é claro que os alimentos também o possuem. Mas
TENDÊNCIAS

COVID-19 e a percepção do paladar e olfato na terceira idade: quais seriam os principais impactos?

Perdas nas sensibilidades ao paladar (ageusia) e olfato (anosmia) têm sido listadas entre os seis principais sintomas da COVID-19 e