[ editar artigo]

Bacio di Latte aposta em colabs e plano de expansão

Bacio di Latte aposta em colabs e plano de expansão

A Bacio di Latte apresenta ao mercado duas parcerias inéditas. Uma delas é com a Nespresso Professional, unindo interesses em comum das duas empresas, e o desenvolvimento da gama de cafeterias em suas lojas, além de ser uma fonte de experiência mais completa ao consumidor, explorando como apelo a origem italiana das duas marcas. A companhia de cafés passa a estar presente nas 90 lojas da Bacio, que possuem café em seu cardápio.

Além disso, a sorveteria se une à Bauducco para trazer o espírito natalino para seus produtos. Fábio Medeiros, diretor de marketing da Bacio di Latte, explica que a parceria com a Bauducco já era alvo de conversa há algum tempo, mas agora chegou a hora de tirar do papel.

A collab natalina é marcada por uma campanha para anunciar o lançamento de novos sabores (Crema di Limoncello & Avelã, Strudel de Maça e Chocottone – parceria especial com a Bauducco) que foram criados pelo chef Oliver Kirkham, e ficam disponíveis na loja de novembro até janeiro. “É uma campanha para gerar dinamismo na nossa loja. Envelopamos numa temática central e temos iniciativas de ativação dentro das lojas”, explica Medeiros. O diretor completa dizendo que a campanha conta com um plano robusto de mídia apresentado por meio de um investimento grande em estratégias de awareness, mídia OOH, influenciadores, e um novo pilar de CRM da marca. O conceito da campanha foi desenvolvido internamente pela companhia.

Fábio Medeiros, diretor de marketing da Bacio di Latte, prevê expansão da rede física e novos canais em 2022.

Juntamente com o conhecimento de marca, que será alvo da Bacio com as collabs e com a sua campanha de Natal, vêm os planos de expandir cada vez mais. A rede, assim como todo o setor de food service durante a pandemia, teve que se reinventar, já que seus principais pontos de vendas foram afetados pelas medidas de combate à Covid-19. “A categoria de sorvete não é óbvia para o consumo digital”, avalia Fabio, ao explicar que a empresa teve que construir uma comunicação para fazer com que as pessoas consumissem online.

No entanto, A Bacio entrou em aplicativos de entrega, como o Rappi em São Paulo, e aumentou os seus canais de venda, chegando ao varejo com a marca Bacio Casa, além de ampliar sua presença em condomínios. “Vimos que tem uma oportunidade com o consumidor. Estamos desenvolvendo canais próprios e para o começo do ano que vem vamos sair com nosso aplicativo próprio”, revela.

Em 2021, a Bacio abriu 11 lojas e pretende aumentar esse número, em 2022, mas não revela em quantas unidades. “Temos que olhar espaços onde a marca está, e onde deveria estar”, pontua Medeiros.

Fonte: Meio e Mensagem.

Notícias

Ler conteúdo completo
Indicados para você