[ editar artigo]

Easy Drinks aposta em stand-up pouches no e-commerce

Easy Drinks aposta em stand-up pouches no e-commerce

A Easy Drinks, empresa que combina pedaços de frutas naturais em porções individuais para fazer drinques como moscow mule, cosmopolitan e piña colada, aposta em embalagens do tipo stand-up pouch no e-commerce. 

Com crescimento exponencial de mais de 445% durante a pandemia, a empresa já programou a produção de embalagens para o ano todo, já provisionando a continuidade da ascensão da marca. As embalagens são rodadas em fotogravura, ideal para grandes volumes.

“Buscamos a qualidade de impressão porque sabemos que um produto, além de ser muito bom, deve se apresentar à altura de sua qualidade, e já notamos isso em nossas novas embalagens”, diz Bruno Lot, sócio da marca.

Criada em 2008 com tecnologia própria pelos irmãos e sócios Bruno e Fabrício Lot, a Easy Drinks também vende sprays com espuma de gengibre e de limão-siciliano para complementar o preparo de algumas receitas.

Influenciados pelos negócios da família, que já atuava na indústria de frutas, utilizaram recursos próprios para dar início à Easy Drinks. Fabricio estudou processamento de frutas no exterior e, entre idas e vindas, os amigos pediam frutas tropicais e até açúcar de cana para preparar caipirinhas, por conta da dificuldade de encontrar opções de qualidade como as do Brasil.

A partir disso, teve junto com seu irmão a ideia de criar um produto que pudesse ser exportado e fosse prático. Tendo esta visão de um mercado promissor, inclusive nacionalmente, resolveram apostar no novo modelo de negócio em 2008.

Trabalharam no mercado on-trade como laboratório para desenvolvimento de produtos com grandes eventos e casas noturnas de São Paulo até meados de 2019, quando lançaram a linha especial para varejo. Parte da produção é feita na fábrica em Jundiaí e outra em São Caetano do Sul.

“Somos pioneiros, não há nada no mercado que se assemelhe ao nosso, inclusive temos três patentes de produto e processo de fabricação”, afirma Bruno Lot. Todo o processo de tecnologia para desenvolvido dos produtos também foi criado pela marca.

“Pela nossa percepção, o mercado de drinques está em crescimento no Brasil nos últimos anos e os brasileiros aprenderam mais sobre coquetelaria. O consumidor, além de querer praticidade, muitas vezes tem dificuldade em preparar um drinque que fique saboroso, e nós viemos para solucionar este problema, pois o produto é prático, natural e já está porcionado para não ter erro”, explica Bruno.

O volume de pedidos corporativos, que eram a grande receita da empresa, diminuiu com a pandemia, e ao apostar no e-commerce próprio e no varejo, com presença em supermercados e mercearias, as vendas aumentaram muito e hoje as vendas virtuais já representam 20% do faturamento.

Fonte: Embalagem marca.

Lançamentos

Ler conteúdo completo
Indicados para você